Caminhão caçamba da PMCG é roubado no bairro da Glória

Arquivado em: Notícias,Últimas Notícias |

A Prefeitura de Campina Grande ainda não recebeu informações oficiais sobre o caminhão caçamba, utilizado pela Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma) para coleta de lixo no período noturno, que foi roubado na madrugada desta terça-feira, 04 de abril. O crime aconteceu no bairro da Glória, perto da saída para Massaranduba, quando o motorista foi rendido por dois homens que estavam em uma motocicleta e armados com espingardas calibre 12. O caminhão (placa OGP 8386) utilizado para a coleta de lixo no período noturno, está avaliado em pouco mais de R$ 150 mil.

Segundo o diretor de Limpeza Urbana da Sesuma, Jomeres Tavares Monteiro, o caminhão caçamba pertencia a uma frota de veículos, adquiridos recentemente pela PMCG, para realização da limpeza urbana da cidade. “A coleta de lixo de Campina Grande é realizada por 24 horas. Com esse veículo, fazíamos a coleta de madrugada, da meia-noite às seis horas da manhã do dia seguinte. Os assaltantes estavam numa moto. Usavam capacetes e estavam armados. Renderam o motorista e dois trabalhadores. Levaram o caminhão da Prefeitura, celulares e outros pertences dos trabalhadores”, disse. Após o assalto foi feito boletim de ocorrência. Mas, até o momento, não há informações.

Jomeres explicou que a equipe da Sesuma estava iniciando o trabalho da madrugada, que consiste na coleta do lixo realizada no centro da cidade e demais áreas onde há restaurantes e outros estabelecimentos comerciais que costumam dispensar o lixo em horários mais avançados da noite.

O que também chamou a atenção do diretor de Limpeza da PMCG é que este não foi o primeiro assalto à equipamentos da Sesuma. Há cerca de vinte dias, outros trabalhadores da limpeza foram abordados por assaltantes, que levaram três roçadeiras, equipamentos usados para aparar a grama nos serviços de limpeza de acostamentos, canteiros, praças e terrenos baldios. O uso desse equipamento reduz o tempo de trabalho e a quantidade de operários para realização de um mesmo serviço, permitindo o remanejamento das equipes para outras funções.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *