investimentos em zeladoria põem Campina Grande num novo patamar em termos de qualidade de vida

Entendendo que o gestor municipal deve agir com um “dono de casa”, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, destacou no início da tarde desta terça-feira, 15, que tem feito o máximo de esforços para dotar Campina Grande de um serviço de limpeza pública capaz de atender a todas as demandas da coletividade. Segundo ele, esse objetivo foi concretizado, pois recebeu, em 2013, uma cidade abandonada e suja, mas hoje Campina Grande é referência de zeladoria em nível regional e até nacional.

De acordo com Romero Rodrigues, isto tem sido possível porque a prefeitura municipal, por meio da Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), investiu pesado na compra de maquinas e equipamentos destinados a garantir um serviço de limpeza pública com qualidade e economia. As declarações do prefeito foram feitas em mais uma edição do Programa “Alô, Prefeito!”, na Rádio Caturité, onde também prestou contas sobre as ações administrativas. Em sua companhia estavam os secretários Geraldo Nobre (Sesuma) e Tovar Correia Lima (Ciência e Tecnologia).

Porém, ao enfatizar especialmente as conquistas no setor de limpeza urbana, Romero Rodrigues lembrou a aquisição de caminhões, caçambas, tratores e muitos outros equipamentos que proporcionaram ao município total autonomia para tornar Campina Grande uma cidade limpa e, portanto, voltada à melhoria da qualidade de vida dos seus habitantes. Além disso, o município ganhou em termos de economia, pois não precisa mais terceirizar ou alugar equipamentos para os serviços de limpeza.

Minha Árvore e aterro moderno

Como se não bastasse a implantação de um serviço eficiente de limpeza urbana, lembrou que a PMCG, por meio da Sesuma, vem executando com sucesso o Programa “Minha Árvore”, que já possibilitou a distribuição de mais de vinte mil mudas na cidade. Este trabalho, inclusive, vem sendo intensificado mediante parcerias com empresas, a exemplo da  TV Paraíba. As novas árvores da cidade também estão sendo irrigadas graças ao uso dos caminhões pipas adquiridos ainda na atual gestão.

Outro grande feito destacado pelo prefeito é o funcionamento de um moderno aterro sanitário, que atende a todos os requisitos e padrões estabelecidos para este tipo de empreendimento. O aterro, inclusive, é considerado hoje um referencial para os municípios brasileiros, mesmo porque é fiscalizado e monitorado por instituições como a Universidade Federal de Campina Grande. O local tem sido alvo de visitas constantes de outros gestores da Paraíba, preocupados em seguir os modelos e passos administrativos adotados na Rainha da Borborema.

Romero Rodrigues também pontuou que o esforço administrativo não se concentra, porém, na zona urbana campinense, pois equipamentos comprados com recursos próprios – como caçambas, trator de esteira, pá mecânica, retroescavadeira e vários outros – vem sendo empregados em benefício da zona rural, onde acontece a construção e recuperação de barreiros, estradas vicinais e demais obras destinadas a melhorar a vida do homem do campo.

Aluízio Campos e aeroporto

Ao concluir a sua participação no programa desta terça-feira, o prefeito mencionou diversas outras ações administrativas em execução na cidade. Garantiu, por exemplo, a conclusão até o final do ano das obras do Complexo Habitacional Aluízio Campos, cujas unidades deverão ser entregues no início de 2018, tendo como prioridade os idosos, deficientes e demais segmentos carentes do município.

Por fim, anunciou que fará a entrega, ainda nesta terça-feira, do alvará de funcionamento do posto de combustíveis do Aeroporto João Suassuna, numa ação que vai beneficiar a cidade, dando-lhe a possibilidade de conquistar novos vôos diretos para os maiores centros do país, como São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *