Plano de Resíduos Sólidos apresentado ao CMA e à CMCG

Arquivado em: Meio Ambiente,Últimas Notícias |

geraldo_residuosApós ser aprovado por unanimidade nodia 16, em audiência pública realizada no Centro de Tecnologia e Educação (CTE), reunindo centenas de pessoas, além de representantes da sociedade civil organizada, o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos será levado à apreciação e homologação do Conselho Municipal de Meio Ambiente na próxima segunda-feira, 26. No dia seguinte, 27, o Plano será apresentado em uma sessão especial na Câmara Municipal.

Mesmo aprovado na audiência pública realizada pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), o Plano segue ainda em versão preliminar à Câmara Municipal, podendo receber alterações por parte dos vereadores.

O secretário de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), Geraldo Nobre, disse que, por meio do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, o Campina Grande terá um documento detalhado acerca do planejamento e gerenciamento dos resíduos sólidos do município. Esse novo modelo de gestão dos resíduos sólidos prevê a redução, o reaproveitamento e a reciclagem dos resíduos sólidos gerados, por meio do manejo diferenciado.

O Plano contempla ainda programas de educação ambiental, mobilização e ações de comunicação social para uma redução significativa dos resíduos a serem aterrados; a inclusão social e formalização do papel dos catadores envolvidos no manejo. Segundo Nobre, o Plano apresenta um cenário de ações para os próximos 20 anos, com revisões feitas a cada 04 anos. O Plano Municipal, que deverá ser apresentado ao Governo Federal até agosto deste ano, é também uma condição para que os municípios continuem a receber recursos da União residuos_dantasdestinados ao setor de resíduos sólidos, infraestrutura e saneamento em geral.

AUDIÊNCIA – A audiência pública foi realizada com a participação ativa de representantes da população, das entidades de classe, de representações da sociedade civil e das cooperativas de catadores do município. Os trabalhos começaram pela manhã, ocasião em que o engenheiro José Dantas fez a apresentação do Plano Municipal, contendo o diagnóstico do atual tratamento oferecido aos resíduos sólidos do município e apontando um prognóstico para atuação para os próximos.

Dantas coordena das atividades da Ecosam – Consultoria em Saneamento Ambiental Ltda, empresa contratada pelo Município para auxiliar na elaboração técnica do plano.
Após a apresentação de José Dantas, formaram-se cinco grupos de trabalho, cada um com a responsabilidade de analisar o Plano Municipal, apontar mudanças ou fazer inserções necessárias à melhoria do documento. À tarde as propostas dos grupos de trabalho foram expostas à plenária da audiência, sendo colocadas à votação em seguida. Por fim, houve a votação do Plano Municipal, já com as modificações postas, sendo aprovado por todos os participantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *