Projeto Minha Árvore da Prefeitura Municipal será apresentado em Congresso Nacional de Educação Ambiental

Arquivado em: Meio Ambiente,Minha Árvore,Notícias,Últimas Notícias |

O projeto “Minha Árvore, Semente para uma Vida Melhor”, um dos mais importantes já desenvolvidos pela Prefeitura de Campina Grande na área ambiental, responsável pelo plantio de quase 12 mil mudas de árvores ornamentais e frutíferas no município, será apresentado no IV Congresso Nacional de Educação Ambiental & VI Encontro Nordestino de Biogeografia, que será realizado em João Pessoa, na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), na próxima semana, no período de 20 até 23 de abril. O tema central do evento será “O Capital Natural na Economia Global” e reunirá congressistas do Brasil e exterior durante a apresentação de conferências, palestras, reuniões para grupos de trabalhos e cursos especiais.

Iniciado em junho de 2014, por meio de uma parceria entre as Secretarias Municipais de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma) e de Educação (Seduc), o “Projeto Minha Árvore, Semente para uma Vida Melhor”, será apresentado no sábado pela manhã, 23, pela engenheira e coordenadora municipal de Meio Ambiente, Denise de Sena, e pela bióloga da Sesuma, Patrícia Alves. No artigo científico, aprovado pela coordenação do IV Congresso Nacional de Educação Ambiental, destaca-se a consolidação do projeto como um estímulo às boas práticas de educação ambiental e arborização. Segundo Denise de Sena, além da apresentação do projeto para congressistas nacionais e estrangeiros, a presença da Prefeitura Municipal nesse evento será importante em função também do compartilhamento de experiências na área de educação ambiental.

Patrícia Alves destacou o êxito em promover a divulgação dos bons resultados, alcançados pelo projeto “Minha Árvore”, por meio da parceria entre a instituição pública e a comunidade local, envolvendo escolas do município e da rede privada de ensino. “A própria comunidade acadêmica e muitos professores já reconhecem a importância de levar conhecimentos sistematizados para a comunidade. Hoje percebe-se que alguns estudos já ultrapassam as barreiras da academia e podem ser colocados em prática. Tanto a academia quanto a comunidade são beneficiadas”, ressaltou.

Inserido no eixo temático “Desafios e Inovação no Meio Ambiente Urbano”, o artigo intitulado “Projeto Minha Árvore: ações de arborização nos caminhos da educação ambiental”, mostrará que o trabalho executado pelos órgãos públicos, com o envolvimento da população, estimula o senso de responsabilidade dos cidadãos, na proposta de melhorias na qualidade do meio. Além da apresentação oral, o artigo será publicado no formato e-book, no site do congresso.

Projeto Minha Árvore – Nas escolas da rede municipal e privada de ensino é realizado um trabalho de conscientização para as crianças e adolescentes. Nas visitas às escolas, os estudantes recebem informações sobre a importância de preservação do meio ambiente e do plantio e manutenção dessas mudas para que as mesmas cheguem à fase adulta.

O Minha Árvore funciona da seguinte forma: após indicar o bairro que receberá as mudas, equipes da Coordenadoria de Meio Ambiente e Seduc selecionam a escola que levará o projeto às ruas. Antes, educadores e profissionais de meio ambiente conversam com as crianças das escolas sobre a importância em preservar o meio ambiente, promover a arborização nas ruas, como ocorre o processo de crescimento das plantas e os benefícios das áreas verdes para a conservação do planeta. Em seguida, os próprios alunos iniciam o plantio, primeiro na própria escola e depois nas ruas do bairro.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *