Romero entrega cestas natalinas aos prestadores de serviço

Arquivado em: Destaques,Meio Ambiente,Notícias,Serviços Urbanos,Últimas Notícias |

romero_cestas_natalinaO prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, fez a entrega, na manhã deste sábado, 21, no DTO, de cerca de 550 cestas natalinas a prestadores de serviço da Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), responsáveis pela limpeza urbana da cidade e que não recebem décimo terceiro. Do total, a Prefeitura Municipal vai distribuir aproximadamente 800 cestas a servidores da pasta.

As outras cerca de 250 cestas serão entregues a prestadores de serviço da Sesuma lotados em outros setores, como o Parque da Criança e o Ginásio O Meninão, de acordo com o titular da Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente, Geraldo Nobre. “É um gesto de gratidão meu e de toda a cidade. A gestão tem sido muito elogiada pela limpeza pública e isso não aconteceria sem o trabalho de cada um destes colaboradores”, declarou o prefeito.

Romero lembrou algumas das ações que seu governo já implementou em favor dos prestadores de serviço e reconheceu que ainda é preciso melhorar mais a condição destes trabalhadores. “A situação dos prestadores de serviço ainda é precarizada e precisamos avançar mais. Tivemos um ano de muita dificuldade, inclusive de prestadores que estavam há três meses sem receber”, relembrou.

romero_cestas_natalina2“Com todas as dificuldades, tentamos estabelecer uma marca mínima de padronização de pagamento, e acabamos com a prática do cheque, que no passado chegou a humilhar trabalhadores, que iam aos bancos com os cheques e não tinham previsão de pagamento, ou seja, era um cheque sem fundo, uma humilhação. Agora, estamos fazendo o pagamento na conta dos trabalhadores, o que dá mais transparência e dignidade”, completou Romero.

Durante rápido pronunciamento para os trabalhadores, o prefeito Romero Rodrigues agradeceu o empenho da categoria, ressaltando que o desempenho da limpeza pública tem o reconhecimento de toda a população, e lembrou que os prestadores de serviço, apesar das limitações do caixa do Município, terão um final de ano bem diferente do que aconteceu em 2012.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *