Sesuma continua audiência pública sobre Plano de Resíduos Sólidos

Arquivado em: Meio Ambiente,Notícias,Últimas Notícias |

reunioo_PMGIRSA Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma) da Prefeitura de Campina Grande dará continuidade, na próxima sexta-feira, 16, à audiência pública para apresentação e discussão da versão preliminar do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos. A audiência contará com a presença de representantes da Sesuma, da sociedade civil organizada, de engenheiros responsáveis pelo desenvolvimento técnico do projeto e de membros do Conselho Municipal de Meio Ambiente. A audiência acontecerá às 8h30 no auditório do Centro de Tecnologia e Educação (CTE), antigo Museu Vivo da Ciência.

O secretário de Serviços Urbanos e Meio Ambiente, Geraldo Nobre, ressaltou que todos os cidadãos campinenses também estão convidados a participar do encontro, visto que a audiência pública faz parte de um processo democrático, voltado à elaboração do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos. O projeto está sendo desenvolvido desde dezembro do ano passado, devendo ser concluído até agosto deste ano, em cumprimento às exigências da Lei Federal 12.305/2010, que institui a política nacional de resíduos sólidos, prevê o manejo correto e a redução da geração de resíduos.

A audiência pública desta sexta-feira dará continuidade aos debates iniciados no último dia 25 de abril, na Vila do Artesão, ocasião em que os participantes consideraram insuficiente o tempo dedicado aos debates e apresentação de propostas sobre o Plano. Segundo Geraldo Nobre, em atendimento às solicitações da plenária, decidiu-se por transferir as discussões para esta semana.

O secretário ressaltou ser importante a participação de todos os cidadãos na discussão do Plano, que definirá as diretrizes que nortearão o município de Campina Grande para a gestão integrada de resíduos sólidos urbanos nos próximos 20 anos. A conclusão e apresentação do Plano também são importantes porque assegurarão, para o município, o recebimento de recursos do governo federal.

Entre as metas do Plano estão a disposição final e adequada dos rejeitos; melhorias na regularidade, continuidade e na funcionalidade dos serviços públicos de limpeza urbana e de manejo de resíduos sólidos. O Plano prevê ainda o enfrentamento dos problemas ambientais, sociais e econômicos; planejamento e a execução de ações que promovam sustentabilidade ambiental.

LEGISLATIVO – No próximo dia 27 de maio será realizada na Câmara Municipal de Campina Grande uma sessão especial para apresentação da versão preliminar do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, já contendo as demandas condensadas durante todo o processo. Na ocasião, os membros do legislativo terão a oportunidade de conhecer, em detalhes, o diagnóstico do Plano e também as propostas apresentadas nas plenárias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *