Sesuma já plantou oito mil mudas de árvores na cidade

Arquivado em: Destaques,Meio Ambiente,Notícias,Últimas Notícias |

Criado há pouco mais de um ano, o Projeto Minha Árvore, da Prefeitura Municipal de Campina Grande, realizou o plantio de cerca de oito mil mudas de árvores, de diversas espécie, em escolas, praças e ruas da cidade. Criado em junho do ano passado, pela Coordenação de Meio Ambiente da Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente, o Projeto Minha Árvore pretende aumentar em quase 30 mil o número de árvores em Campina Grande.

Por orientação do prefeito Romero Rodrigues, a Comea também criou o viveiro de plantas, em substituição ao antigo Horto Florestal, que funcionava às margens do Açude de Bodocongó e que foi desativado durante a gestão passada. No novo viveiro, que funciona no terreno do antigo escritório do Ibama, no Serrotão,  já foram produzidas mais de 20 mil mudas de árvores de diversas espécies. “O antigo horto florestal foi desativado na gestão passada mas, sensível às causas ambientais, o prefeito Romero Rodrigues viabilizou a implantação de um novo espaço e a produção tem sido extraordinária. Estamos desenvolvendo uma grande campanha de arborização em toda a cidade”, comemorou Geraldo Nobre, secretário de Serviços Urbanos e Meio Ambiente.horto_florestal

A cessão de uso da área do viveiro, localizada no sítio São Januário, é de 20 anos.  “Construímos o primeiro viveiro , onde são produzidas de 30 a 40 mudas por dia, e já estamos providenciando um segundo viveiro para dobrar essa produção”, acrescentou o titular da Sesuma, destacando ainda a criação de duas salas para capacitação, pois a intenção da Sesuma é qualificar novos técnicos e ampliar o Projeto Minha Àrvore.

A partir da próxima semana, a Sesuma deve iniciar o trabalho de plantio no bairro do Jardim Paulistano. De acordo com a coordenadora de Meio Ambiente, Denise de Senna, a equipe de técnicos da Sesuma já visitou o bairro, cadastrando os moradores que queiram aderir ao programa e a estimativa é de que sejam plantadas, em média, 500 árvores no bairro.Horto_floresta_1

Além de doar a muda da espécie escolhida, a Comea também dá todo o suporte técnico para as pessoas que aderirem ao programa, inclusive com o plantio e orientações para escolha da espécie mais adequada.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *